-30%

Rica em fibras e minerais, esta leguminosa ajuda na prevenção de uma série de males. E sua ação não para por aí. Veja por que apostar no grão para se livrar dos quilinhos extras sem passar fome. O fato de ser pouco calórico conta muitos pontos a favor do feijão. Afinal, uma concha generosa do grão tem apenas 95 calorias (é menos do que tem um pão francês!). Mas o que faz a diferença é sua capacidade de saciar a fome. Isso se explica: quando ingerimos proteína (e o feijão tem muita), nosso cérebro entende que já estamos satisfeitas e que é hora de parar. Resultado: comemos menos e ficamos bem nutridas quando o consumimos.

O grão ajuda a combater:

Anemia: É fonte de ferro, que evita o risco da anemia, principalmente a ferropênica. Combine alimentos que contenham vitamina C, como laranja, para que o organismo absorva ainda mais o mineral. Evite misturar leite e laticínios em geral com feijão. Eles contêm cálcio, que atrapalha a absorção de ferro.

Colesterol: Suas fibras, além de regularem o intestino, auxiliam na diminuição do risco de doenças cardiovasculares, diabetes e colesterol alto.

Câncer: Possui várias substâncias antioxidantes (como vitaminas e minerais), importantes para reduzir a incidência da doença.